Para Cozinhar

Waffles de Aveia e Espelta

Ao pai dos meus filhos.Eu sei que ninguém nasce ensinado para ser pai. Mas a nós saiu-nos a sorte grande. Seja para passar horas a fio a construir cidades da lego e da playmobil, seja para brincar aos carrinhos ou a levá-los a passear de jipe, entre poças de lama e saltos…Aqui por casa nem sempre é fácil. Temos dias em que os três pedem atenção ao mesmo tempo, e um par de braços, pode não parecer, mas chega para todos.Obrigada por seres um pai sempre presente. Mesmo quando sais de casa às 7h da manhã e chegas às 20h, nunca deixas de ter brincadeiras animadas e uma paciência de santo tanto para a hora de jantar como para a hora do banho, (entre piscinas e uma casa de banho inundada), depois de um dia inteiro de trabalho e quilómetros de carro.O pai que conta histórias, que acorda de noite para dar chupetas e mimo em noite de “monstros”, que acorda às 8h da manhã ao sábado- porque já está de dia.O pai que faz quase todas as vontades aos filhos, que brinca e se zanga, e que também troca fraldas malcheirosas, dá comida, e faz tudo tão bem como … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.