Economia cá de Casa

Sofás Estofados e Prateleira com Arte Infantil

Depois de muito ponderar lá nos decidimos a dar também uma nova vida aos sofás dos anos 50/60 em napa verde que herdei dos avós. Este não era um trabalho para nós. Além de necessitarem de ser estofados, os dois sofás individuais também necessitavam de um jeito nos pés de madeira e de uma reparação nas molas dos acentos, que não os tornava muito confortáveis.
Atualmente este tipo de serviço custa quase tanto como comprar uns sofás novos. No nosso caso acho que conseguimos um preço bastante simpático – face a outros preços que nos indicaram – e foi uma empresa de Pombal que fez a este trabalho. Sim, com o valor que pagamos poderiamos facilmente ter comprado uns sofás novos em locais como o IKEA, e há que ponderar se vale ou não a pena mandar arranjar. No nosso caso, além do valor sentimental, era inequívoca a qualidade dos sofás, pelo que avançamos. Não me arrependo nem um bocadinho, pois acho que ficaram maravilhosos e parecem efetivamente sofás de “qualidade”.
A ideia sempre foi mandar arranjar/estofar e colocá-los na nossa sala de estar. E agora cá estão eles. Finalizamos a decoração com umas simples almofadas que já havia cá em casa. … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.