Eu, Tu e os meus sapatos

O Rodrigo nasceu.

O amor? Bem, o amor é infinitamente igual ao amor infinito por ela.

Atrevo-me a dizer que mais rápido ainda. Como se o meu coração fosse como o nosso útero e, já sabendo para o que vai, se expandisse ainda mais depressa.

… Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.