Noticias

Na sombra de um mito: Celeste Rodrigues (1923-2018) – Expresso

Expresso
Viveu sempre na sombra da sua contingência. Não foi fácil ser irmã de Amália Rodrigues. Três anos mais nova, fisicamente muito parecida com ela, escolheu o mesmo destino: ser fadista. Celeste Rodrigues continuou sempre a cantar e a gravar discos.
Óbito/Celeste Rodrigues: A fadista que tinha uma caixinha de música na gargantaDiário de Notícias – Lisboa
Celeste Rodrigues, a fadista que tinha uma caixinha de música na gargantaRevista Sábado
Morreu a fadista Celeste Rodrigues. Tinha 95 anosNotícias ao Minuto (liberação de imprensa)
Move Notícias -DNoticias -TSF Online -PÚBLICO
todos os 49 artigos de notícias … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.