Para Cozinhar

Madalenas com Aroma de Clementina

Não tem sido fácil. O Zé Maria que sempre foi autónomo no sono, e nunca nos fez perder noites, nem quando era recém nascido, está agora numa fase péssima. Não sei se faz parte do crescimento normal dele, se é uma manifestação de ciúmes, ou se é tudo junto, associado ao facto de neste momento andar cheia de coisas para fazer e não lhe dar tanta atenção como está habituado. O que é certo é que agora é uma luta diária ir para a cama e temos sido acordados a meio da noite, entre berros e choro. Acorda ele e a casa toda. E o António, que também dorme bem, acaba a ser acordado com os gritos e o choro inconsolável do irmão mais velho. Faz parte, mas não é por isso nos sentimos melhor…
No meio das noites não tão bem dormidas, da dificuldade de voltar a adormecer, e do cansaço acumulado acorda-se com a sensação de que é preciso algo para animar o corpo e a mente.
Enquanto eles ainda dormem, vai-se para a cozinha, fecha-se e porta e preparam-se umas madalenas que como ainda mornas com uma chávena de café para ver se tenho um melhor acordar e consigo … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.