Para Cozinhar

E já são 37! Venham mais uns quantos!

Fotografia de Ana Pastoria (www.anapastoria.com)
Há já dois ou três dias que o Zé Maria me canta os parabéns. Desde que o pai lhe disse que a mãe ia fazer anos. Canta os parabéns, bate palmas e pede-nos para acender uma vela para ele apagar. Faz a festa toda, porque porque para ele os aniversários são, para já, uma excitação.
E eu chego aos 37. Dou comigo a pensar se estou ou não a ficar “velha”. Lembro-me de ter 15 ou 16 anos e de olhar para os 37 como uma idade de “velhos”, como deve ser normal qualquer adolescente pensar. De achar que aos 37 já não há nada para ambicionar, metas para alcançar, vontades e desejos para concretizar. Aquele pensamento parvo de que casamos, temos filhos e já está!
Agora com 37 tenho a certeza de que esta idade é melhor do que os 17. Ou os 27 até. Tenho tantas coisas por que dar graças. Tantas metas atingidas, tantas coisas boas para agradecer: dois filhos lindos, uma família que adoro, um hobby que é um trabalho que é um hobby.… E mais importante ainda: tenho 37 anos e ainda sinto que tenho muita vida para viver. Muitas coisas para … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.