As Minhas Pequenas Coisas

Disto de ser Mãe

Apesar de ter levado a gravidez sempre em modo “boa onda”, ia lendo bastante. Frequentei fóruns, li livros, artigos, notícias, participei num grupo privado no Facebook… E fui desenvolvendo aquela ideia de que “quando o meu filho nascer, vou sentir um amor sem fim”. Uma pessoa ouve dizer que é suposto ser assim. Que basta vermos o nosso filho para o amarmos daqui até à lua e da lua até aqui. … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.