Economia cá de Casa

Destralhar, arrumar e organizar. Uma coisa de cada vez.

Seria de pensar que estando numa casa “nova” há quase dois anos e meio, não haveria muito para destralhar. Mas isso não é de todo verdade.Claro que quando nos mudamos para aqui, demos imensas coisas que não usávamos. Deitamos fora outro tanto e, tentámos trazer apenas o que realmente usávamos. E isso é mais ou menos verdade. Desfiz-me de imensas coisas, a maioria que doei para a paróquia de minha zona ou pra quermesses, e o que não estava em condições foi para o lixo.
Mas passado dois anos e tal chego a outra conclusão. Vieram coisas que continuo sem usar, e quer queira, quer não, vamos sempre acumulando outras coisas e, há coisas que acabam por se estragar… Devagar vamos continuando a destralhar, arrumar e organizar.Há uns tempos eu e o Miguel andamos de volta de uns armários da nossa zona da lavandaria que tinham coisas que vieram da nossa casa antiga, porque não tínhamos a certeza de necessitar delas ou não. Em dois anos não as usamos, portanto está visto que não precisamos. Voltamos a doar algumas coisas e a deitar outras fora.
Antes disso já tinha estado de volta dos armários dos lençóis e das toalhas, e como me … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.