Para Cozinhar

Compota Caseira de Pêssego

O nosso pessegueiro no jardim tem dado imensos pêssegos este ano. O pessegueiro tem estado tão carregado, que os ramos chegam quase ao chão, tanto é o peso. E os pêssegos são doces e sumarentos, mesmo muito saborosos. Claro que os temos comido e oferecido, mas mesmo assim são demasiados. Quase a ir de férias tinha de lhes dar outro rumo. Escolhi os mais maduros, colocando os restantes na gaveta do frigorífico, e fiz compota. Compota a pensar no Natal. Para colocar nos frascos de vidro que guardo religiosamente desde do início do ano, e que alguns amigos também me vão trazendo.Compota dos meus pêssegos do jardim que, modéstia à parte ficou deliciosa, e que será para colocar nos cabazes de Natal deste ano. E não, não me chamem maluca e que ainda falta muito para o natal. Porque estas coisas começam a preparar-se com tempo. Guardar frascos desde o início do ano, aproveitar a fruta da época e ir fazendo as compotas ao sabor e vontade do que vamos tendo. (E se têm dúvidas com todos estes timmings, aconselho a consultarem o calendário de preparação de cabazes de natal que coloquei no livro “Presentes com um sabor Especial”)E … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.