The Busy Woman and the Stripy Cat

Como ser mais feliz? A importância do contentamento, aceitação e serenidade

{post anterior: Como ser mais feliz || Sê grato}

Rita B. Domingues & Márcio C. Santos

Intimamente relacionadas com a gratidão e a compaixão estão outras duas emoções similares, o contentamento e a aceitação, que se traduzem pelo aceitamento e satisfação com determinada situação, quer por a situação ir ao encontro das expectativas (Deci & Ryan, 2000), como também por as expectativas acomodarem a situação (Tong, 2015). O contentamento é uma emoção agradável que provoca uma perceção de controlo e responsabilidade pessoal sobre as situações (Rothermund & Brandstädter, 2003). A gratidão e o contentamento opõem-se ao materialismo, contribuindo para uma diminuição da vontade de consumo desenfreado (Polak & McCullough, 2006). O materialismo está profundamente enraizado na cultura ocidental devido à crença de que bens e riqueza trazem felicidade; no entanto, os efeitos são precisamente os contrários, estando o materialismo associado de forma negativa a praticamente todas as variáveis de qualidade de vida que têm sido estudadas (Polak & McCullough, 2006 e referências associadas). Tanto a gratidão pelo que se tem, como o contentamento com o que se tem ajudam a diminuir a mentalidade materialista e consumista dos indivíduos, aumentando, assim, o bem-estar emocional. O desenvolvimento destas emoções contribui, portanto, para uma maior … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.