Para Cozinhar

Bolo de Banana Caramelizada, Chocolate e Iogurte

Pondero. Avalio. Olho para trás sem arrependimentos. Dos nãos que disse e das oportunidades que deixei para trás. Das coisas (pessoas) a quem dei prioridade. Não me arrependo. Mesmo que as oportunidades nunca mais me voltem a bater à porta. Mesmo que outros me “passem à frente”. Não me arrependo.
Acredito numa frase que um dia alguém me disse: “se é para acontecer, vai acontecer quando chegar o dia. Se não, é porque não era para acontecer”. Respiro e olho para os meus pequeninos: um a brincar e o outro a dormir a meu lado. Sorrio e quase que me vêm as lágrimas aos olhos. Eles são a minha prioridade, eles são o principal motivo de todas as minhas escolhas e ponderações. Porque primeiro está o bem estar deles.
Olho para eles. Enquanto chove lá fora e o dia está cinzento e não podemos sair de casa eles brincam ao meu lado. E eu bebo uma chávena de chá e folheio uma das últimas revista de culinária que comprei. Sorrio e dou mais uma garfada na fatia de bolo.
Pondero. Avalio. E sei que tomei as decisões acertadas. Volto a sorrir e a comer a última garfada de bolo, enquanto me levanto … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.