Noticias

Morreu Bijan Pakzad, o designer dos famosos e dos ricos

Bijan Pakzad, conhecido por ter a loja de roupa e joalharia mais cara do mundo, morreu este sábado em Los Angeles, nos Estados Unidos, vítima de um ataque cardíaco. Tinha 67 anos.

Bijan Pakzad fazia questão de se gabar da sua lista de clientes. O designer de roupa masculina e criador de fragrâncias era muito conhecido no mundo da moda, vestindo muitas das estrelas de Hollywood e muitos magnatas e chefes de estado de todo o mundo, tendo uma vasta lista de clientes, entre eles o Presidente Obama, Al Pacino, Bill Clinton, Arnold Schwarzenegger, Tom Cruise, Bill Gates e até o primeiro-ministro português, José Sócrates.

A loja é considerada a mais cara do mundo e, normalmente, só aceita um cliente de cada vez e por marcação, vendendo cada par de meias a 50 dólares (cerca de 34 euros) e os fatos a 50 mil dólares (cerca de 34 mil euros), por exemplo.

A “House of Bijan” e também conhecida pelas suas caracteristicas vritrinas, onde Bijan Pakzad exibia a sua vasta lista de clientes, onde surge o nome de José Sócrates (“prime-minister of Portugal”).

Bijan Pakzad, norte-americano de origem iraniana, inaugurou a sua loja em 1976 e desde aí não parou de crescer. Como o próprio disse numa entrevista à “New York Magazine”: “O meu cliente adequado é alguém que ganhe pelo menos 75.000 euros por mês. Se alguém precisa de alguma coisa, a minha loja não é o sítio onde deve ir. Os meus clientes são tão poderosos que merecem ser cuidados em exclusividade mediante marcação.”

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário