The Busy Woman and the Stripy Cat

Sobre a auto-disciplina (e o dinheiro deitado à rua com coisas que não faço)

As pessoas que me conhecem pessoalmente ou apenas virtualmente tendem a acreditar que eu sou muito disciplinada.
Em parte, é verdade. Sou disciplinada. Quando me proponho fazer coisas, faço. A nível académico isso é evidente: uma licenciatura, um mestrado, um doutoramento, uma segunda licenciatura prestes a terminar, um segundo doutoramento em curso e um candidatura a um segundo mestrado para breve. Se não fosse disciplinada, provavelmente isto não teria corrido assim. Também fiz outros cursos, formações, workshops, sempre com resultados positivos. O curso de instrutora de yoga é um exemplo. Agora estou a fazer a certificação em Primal Health Coach, que tem estado parada por causa de outras coisas, mas vai ser finalizada em julho ou agosto. Projetos, artigos, coisas sérias, relacionadas com o trabalho, são sempre feitas. Portanto, sim, acho que sou disciplinada.
Mas…
Noutras coisas não sou. Certas coisas não consigo terminar. Muitas delas nem começo. Ou faço apenas durante 1 ou 2 dias e depois desisto. Para onde foi a minha auto-disciplina?
E do que é que estou a falar?
Muito simples. De todos os programas de treino/dietas/desenvolvimento pessoal que já experimentei…
Vou fazer um apanhado para ficarmos mais esclarecidos.
Este foi o primeiro dvd de exercício físico que comprei, pouco antes … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário