Noticias

Sexo oral tem vantagem evolutiva, dizem investigadores

Um estudo realizado pelo Instituto Entomológico chinês Guandong mostra que o sexo oral traz uma vantagem evolutiva ao prolongar o tempo da cópula nos machos, pelo menos no que diz respeito aos morcegos da fruta.

Para esta análise foram capturados 30 machos e 30 fêmeas, e observado o acasalamento em cativeiro. Em 14 dos 20 casos analisados, as fêmeas lamberam a base do pénis do macho e nesses casos, os machos conseguiram aguentar mais tempo a erecção do que nas outras relações sexuais, embora fosse apenas seis segundos.

Ao aumentar o tempo da relação, aumenta as possibilidades de fertilização da fêmea e, por isso, de reprodução da espécie.

O estudo, publicado esta semana na revista «PlosOne» e inclui mesmo um vídeo da cópula de dois morcegos

in diario.iol.pt

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário