Espiritualidade

Ser Medium…

medium

medium

Afinal o que é ser médium?
No Antigo testamento eram descritos como Videntes, Profetizas e Profetas.
Com a conclusão do trabalho na Terra de Jesus Cristo, sendo ele a Via, todas as pessoas passaram a estar dotadas pelos seus espíritos, da possibilidade de se elevarem e ascenderem á condição de Vidente/Profeta/Médium, tendo sido a primeira manifestação na Terra, a festa de Pentecostes em que o Espírito Santo desceu sobre os Apóstolos e despertou-lhes os inúmeros Dons como falar e interpretar línguas e ciências desconhecidas, ver o invisível, o poder de curar, prever o futuro, ver o passado, interpretar visões e ademais Carismas (Dons).
Podemos passar meia vida ou uma vida inteira sem que os nossos Carismas se manifestem, mesmo que estejam activos. Podemos ter um ou mais dons que podem só se manifestar a partir de um determinado momento ou então estarem activos como é muito comum, na infância e depois desligam-se por que não são exercitados.
Os Carismas são de Deus e são nos activados para cumprirmos missões ao serviço do mundo. Podem ser desligados quando são mal empregues, o que consiste em violações das Leis espirituais como querer fazer fortuna (materialismo) á conta de uma faculdade espiritualmente elevada. Os Dons são nos dados através do Espírito, a ligação ao Eu Superior, que é a centelha de Deus que habita em nós. Também há pessoas sendo médiuns de incorporação, são dominadas ou tentadas a  se aliarem a espíritos errantes ou forças negativas, que se servem do seu corpo tridimensional para incorporarem e se manifestarem nesta dimensão mais baixa e densa.
A mediunidade pode-se revelar de várias formas, mas por exemplo, a telequinesia que é a capacidade de mover ou afectar objectos com o pensamento não é uma manifestação de mediunidade. Eis alguns exemplos de faculdades mediunicas:
* Premonição – (ver o futuro, mesmo em sonhos)
* 3ª Visão – ver campos e formas energéticos, a aura;
* Telepatia – captar e emitir pensamentos;
* Desdobramento ou viagem astral – saída consciente do corpo
* Levitação – deslocação do corpo sem apoio no chão
* Incorporação de Espirítos – disponibilização consciente ou inconsciente do corpo para que se manifestem momentaneamente um ou mais espíritos;
* Psicografia ou escrita automática – permitir que um espírito use de forma mecânica, como se fosse seu, um braço do médium para escrever.
Algumas destas manifestações são positivas, outras são no negativas porque permitem a canalização de entidades malévolas ou porque desgastam desnecessariamente o médium. Em geral estas ocorrências sucedem no âmbito daquilo a que se chamou no século XIX de Espiritismo, a doutrina que advoga a comunicação com os espíritos desencarnados.
Eis uma lista dos Dons/Carismas que mais se manifestam:
* Sabedoria;
* conhecimento;
* fé;
* cura;
* milagres;
* profecia;
* discernimento de espíritos;
* falar em línguas;
* interpretação de línguas.

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário