Eu, Tu e os meus sapatos

Outra vez a história da comida e dos miúdos

[Morder a língua – a minha entenda-se]

Desculpem mas não consigo não falar disto. É que é por todo o lado. Eu juro que não procuro! Mas os malditos algoritmos deste universo fazem com que tudo o que esteja relacionado com bebés me bata à porta. Nos feeds das redes sociais, entenda-se. Então é assim, caríssimas pessoas, mães dedicadas e pais extremosos, por ventura vocês gostavam de andar meses (anos?) a comer sopas com 3 ou 4 ingredientes??? A sério que querem que os vossos filhos tenham vontade de comer essas sopas?

Uma coisa é quando têm 4 a 6 meses e andamos a fazer a introdução dos sólidos. Mas caramba! Que enjoo! Quer a Maria, quer o Rodrigo, só andaram a comer sopa com 4 ingredientes (em que três não mexe porque são a base) durante 3 semanas – o período em que introduzimos a maioria dos legumes novos.

Depois? Depois é tentar fazer uma sopa o mais parecida possível com aquelas que fazemos para nós. Ou, pelo menos, tentar ao máximo dar a conhecer novas junções de sabores. Ir mostrando o que é comida e ao que sabe.

Batata, batata doce, abóbora, brócolos, alho francês e pastinaga foi a sopa do dia. … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário