Noticias

O Homem também finge o orgasmo

Difícil de imaginar, mas homem também simula o ponto máximo de prazer, assim como as mulheres.

Algumas pesquisas mostram que isso é mais comum do que se imagina. Uma delas foi feita por um site americano de relacionamentos, o Lavalife. Quase metade (48%) dos nove mil entrevistados admitiu que já fingiu ter orgasmos. Já um estudo feito na Universidade de Kansas, em 2009, constatou que cerca de 25% dos homens pesquisados afirmaram disfarçá-lo. Mas como? Conforme Sylvia Faria Marzano, médica urologista e terapeuta sexual, orgasmo não é ejaculação. “Na verdade são respostas fisiológicas diferentes. O orgasmo é uma resposta sensorial, enquanto que a ejaculação é a eliminação do esperma. É que geralmente eles acontecem simultaneamente”, esclarece. Pela cobrança que a sociedade impõe ao homem de nunca negar fogo e ter que mostrar sempre que chegou lá, muitos deles mentem e acreditam que precisam mostrar o orgasmo através da ejaculação. Ao transar com camisinha, alguns não chegam a ejacular, por isso, logo a retiram no final da relação, jogando-a no lixo, para que a mulher não se de conta que a ejaculação não aconteceu. Outra tática é dizer que ejaculou pouco, principalmente se a mulher soltou muita secreção. Alguns até se masturbam depois, no caso daqueles que sofrem de ejaculação tardia. Segundo a terapeuta de casais Regina Navarro, estes homens se empenham em proporcionar prazer à parceira, mas só atingem o orgasmo se retirarem o pênis e se masturbarem. De acordo com as pesquisas, homens e mulheres têm justificativas semelhantes para simular o orgasmo: para não decepcionar a namorada ou mesmo porque estão cansados. Não sentir muita excitação pela parceira ou ter dificuldades de manter a ereção são outros motivos. Regina Navarro diz que as mulheres soltam gemidos para sinalizar o prazer, uma forma de manter os homens ao seu lado e não frustrá-los, o que se trata de uma questão cultural. Os homens, por sua vez, também não querem magoar a parceira. Mais do que tornar o orgasmo uma obrigação, para ambas as partes, e fazê-lo um termômetro de que a relação é boa ou ruim, muitas vezes a sinceridade é a prova verdadeira de um bom relacionamento. Se você desconfia que há algo de errado, jogue as cartas na mesa, e seja compreensiva com quem você divide tanta intimidade, afinal, mais cedo ou mais tarde, a verdade vem à tona. Relacionamento sexual também precisa de diálogo, e muito.

in Villa a dois

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário