The Busy Woman and the Stripy Cat

not so fast

Não sei porquê, mas quando estou de férias na praia de Faro dá-me para reler o blog da Lénia. Aconteceu há dois anos, aconteceu o ano passado, e está a acontecer agora. Não é só por adorar o estilo de escrita dela, mas também porque muito do que ela escreve faz-me pensar. Às vezes estamos a passar por situações muito semelhantes nas nossas vidas, quer a nível pessoal ou profissional (embora eu raramente escreva sobre isso), o que ajuda a cimentar este fenómeno de identificação. Eu conheci a Lénia pessoalmente e tenho pena de não a conhecer melhor. É uma gaja porreira, sem merdices, despachada, inteligente – e eu gosto de pessoas assim.
Da sua escrita, estou na mesma onda em quase tudo o que ela diz. Por exemplo, concordo absolutamente com a posição da Lénia relativamente ao aborto, e também há músicas que me deixam nauseada… mas, ao contrário dela, eu gosto da M80 (e da Antena 2) e não suporto cenas mais dançáveis ou mais “suburbanas”, como ela diz (os links são da série Frente & Verso que ela escrevia com a Margarida). Já me fartei de rir, já … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário