Saúde & Beleza

Método espuma substitui a cirurgia das varizes

espuma

espumaO método espuma é utilizado para todos os graus de varizes, que são classificadas em seis tipos, variando assim do C1 ao C6. Os vasinhos pequenos são considerados varizes do tipo C1. As varizes de grosso calibre ou até mesmo feridas provocadas por distúrbios venosos estão entre as classificações C2 e C6. Logo após a injeção de espuma (com aspecto semelhante a uma espuma de barbear), a veia comprometida fica enrijecida e sensível ao toque. O paciente pode retomar a rotina normalmente.
Este aspecto desaparece aproximadamente num mês, com o auxílio de medicamentos dermatológicos específicos e uso de meias elásticas. A técnica é utilizada na Europa.

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário