Noticias

Matou mulher com comando da TV

Nem Paul Harvey nem a mulher, Gloria Laguna, sabiam que esta última sofria de uma doença congénita que tornava o seu crânio tão frágil como uma casca de ovo em alguns sítios. Talvez por isso, no meio de uma discussão, o marido lhe tenha atirado o comando da televisão à cabeça, provocando-lhe uma morte quase imediata. Agora, um tribunal britânico condenou Harvey a três anos de prisão por homicídio involuntário.

Antiga diplomata americana, Laguna, de 48 anos, vivia com o marido, um engenheiro britânico, no centro de Londres. No dia fatídico, o casal dera um jantar regado com muito álcool e cocaína. Saídos os convidados, Harvey e Laguna discutiram e o primeiro atirou o comando à mulher.

Foi em lágrimas que o engenheiro recebeu a sentença.

 

in http://dn.sapo.pt

 

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário