Por Momentos

Já ia de férias outra vez…

ferias

ferias

Ontem liguei a televisão para ver as notícias. Só desgraças. Apetecia-me logo emigrar. Confesso que tenho utilizado a estratégia simples de não parar muito nos noticiários pois o tema central é a crise, a crise, a crise, e fico logo deprimido.

 

Já ia de férias outra vez… Aliás, já nem me lembro das minhas férias. Esse fenómeno é interessante: a rapidez com que nos esquecemos das férias.
Também é verdade que quando estamos de férias rapidamente nos esquecemos das rotinas, das obrigações, do stress do trabalho. Ou do stress do desemprego, que agora também está muito na moda. Aliás, quem está desempregado até tem mais stress pois não tem férias. Tem tempo livre mas não está de férias, não se sente de férias.

Como eu estava a dizer, já ia de férias… Tenho o hábito de perguntar às pessoas “como é que foram as férias?!”, no meu habitual tom simpático e diplomata. Na verdade, mesmo que seja apenas dois ou três dias depois, oiço frequentemente a resposta “Quais férias?! Já nem me lembro das férias”.

Esquecemo-nos rapidamente das férias.

Pois eu já ia outra vez de férias. Nem que fosse, por momentos…
Sim, pode-se ir de férias por momentos. Basta ter esse momento de férias, no sentido do que é as férias, ou seja, sentido-se de férias. Pois se o Natal pode ser todos os dias, quando o homem quer, as férias também o podem ser.

Por isso, aqui fica o convite: tirem momentos de férias.
Alguém tem sugestões?

DrºHugo Santos 
Psicólogo Clínico – Psicoterapeuta 
Especialista Portal amulher.com

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário