Noticias

Infertilidade “não é nenhum castigo” e tem solução

A professora universitária Maria Lapa Esteves, autora de um livro sobre infertilidade, procura demonstrar que este problema de saúde “não é nenhum castigo” e tem solução. “Sou defensora da psicologia positiva, acredito que viemos ao mundo para ser felizes e não para sofrer”, disse hoje à agência Lusa, horas antes de apresentar o livro “Infertilidade a quanto obrigas!…”, editado em conjunto pela Trilhos e pela Coisas de Ler, na livraria Almedina, no estádio Cidade de Coimbra.

Docente do Instituto Superior Miguel Torga, em Coimbra, e da Universidade Lusíada, Maria de Fátima Lapa Esteves apresenta agora em livro o resultado de uma investigação com casais férteis e inférteis, realizada para a sua tese de doutoramento.

“Devemos transformar o sofrimento e anulá-lo na medida do possível”, defende, reconhecendo que a infertilidade “tem vindo a aumentar” nas sociedades modernas e atinge um maior número de casais jovens.

Mas “a infertilidade tem solução” e, “por trás de sintomas orgânicos, esta doença já reconhecida pelo Estado tem muitas vezes causas psicológicas”, refere.

A investigadora pretende que o seu livro “chegue a todos os casais inférteis”, insistindo que a infertilidade “ainda é muito vivida de uma forma escondida e em grande sofrimento”.

“Toda a gente pode parar e pensar, os psicólogos estão cá para ajudar”, aconselha

in DN

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário