Dicas

Dicas – Quando recorrer a Crédito Pessoal

credpessoal

credpessoalJá se sabe que devemos tentar pagar a pronto todos os produtos e serviços que queremos comprar. Mesmo assim são cada vez mais as pessoas a pedirem um crédito pessoal para fazerem face a alguma despesa para a qual não podem pagar imediatamente.

Embora existam despesas onde não se justifica endividar-se (precisa mesmo de ir de férias para o estrangeiro, se não tem dinheiro? Precisa mesmo de ter uma televisão LCD, que não possa esperar uns meses?) existem casos de força maior onde tem mesmo de recorrer ao crédito (operações de urgência ou obras de emergência em casa).

Se ainda não tem um fundo de emergência para estas despesas, procure um amigo ou familiar que lhe possa emprestar dinheiro a uma taxa de juro mais baixa do que aquela que encontra em empresas especializadas. Se não conseguir, então procure um crédito pessoal que o possa ajudar a ultrapassar essa fase mais difícil:

Os serviços prestados pelas empresas de crédito pessoal variam entre elas, mas normalmente:

É preciso hipotecar os seus bens como garantia, em empréstimos elevados.
Fazer um seguro de vida no mesmo valor do empréstimo.
Deve comparar as taxas de juros do crédito pessoal e analisar também as comissões que cobram durante a duração do empréstimo. É importante que não se endivide mais do que 25% do seu rendimento.

Escolha a duração mais curta que conseguir, para pagar o empréstimo do crédito pessoal. Embora com uma mensalidade mais elevada, poupa nos juros.

Se conseguir, amortize também o crédito pessoal antecipadamente. Os bancos aplicam-lhe uma penalização por este pagamento, mas está também a poupar nos juros que ia pagar, na totalidade do empréstimo.

Em caso de necessidade especial e de não conseguir encontrar mais nenhuma alternativa para ter algum dinheiro extra, então recorra ao crédito pessoal.

in Poupar&Poupar

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário