Eu, Tu e os meus sapatos

Conversas da Maria

Há pouco, os quatro na cama dela. Na palermice. Na brincadeira. No mimo.

A dada altura a meio da palhaçada:

– Maria atura o mano. – diz o pai.

– Eu não.

– Tu sim! Atura o mano que tu é que pediste um mano!

– Atura tu! Vocês é que são pais!

… Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário