Eu, Tu e os meus sapatos

Conversas da Maria

Ontem, depois deste dia corrido, houve direito a conversa profunda a caminho de casa…

Começou por rimas com “tremor de terra”, passou pela descrição do bolo do Tomás “Que oh mãe! Afinal a Sandra estava a brincar e não era de princesas! Era de dinossauros!” – ficou tão contente por ter uma fatia à espera dela quando regressou da natação já depois de terem cantado os parabéns!, e foi parar ao “Mãe! Eu quando for grande quero ser como tu!”…

– Então não era médica veterinária, Maria?

– Ah sim! É mãe! E vou receitar medicamentos aos cães que os donos levarem.

– Sim, se estiverem doentes.

– E fazer raio X para ver se têm a perna partida!

– Exacto Maria!

– Oh mãe! Tu achas que a tia Nídia gostava que eu fosse veterinária?

– Acho que sim…

– Oh mãe! Ela não pode vir cá abaixo tocar com os pés no chão para falar comigo pois não?

… Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário