Para Cozinhar

Caril de Peixe com Couve Flor e Espinafres

Nem só de festa se vive cá em casa, apesar desta última semana, entre o aniversário do mais do filho mais velho e do filho do meio. Ao mesmo tempo das festas e dos jantares de família e dos bolos de aniversário, as nossas rotinas continuam e as nossas refeições habituais também. Mais um caril desta vez. Menos cremoso, propositadamente, assim para se comer à colher, quase como uma sopa de caril, peixe e legumes, mas que estava realmente deliciosa.Perguntam-me imensas vezes que peixe uso para estas receitas, quando me refiro a peixe branco e carnudo. Cá em casa a par com o peixe fresco, também comemos muito peixe congelado – sei que há quem não goste, e que ache que tem um sabor diferente. Pessoalmente acho bom, uma excelente relação qualidade/preço e uma forma de se variar nos peixes que consumimos. Para este género de pratos, caril, estufados, moquecas…. gosto muito de tintureira (um peixe da família do tubarão e do cação) que é carnudo, não se desfaz, e praticamente não tem espinhas, o que é perfeito para esquisitos e miúdos pequenos e miúdos pequenos esquisitos. Também resulta bem com lombinhos ou mimos de pescada e tamboril, por exemplo.Compro … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário