Noticias

Amy Winehouse ia adotar menina de 10 anos

A cantora britânica Amy Winehouse estava prestes a adotar uma menina pobre de 10 anos antes de morrer. A informação foi divulgada neste domingo pelo jornal The Sunday Mirror. Amy já tinha incluive comprado passagem para visitar a menina na ilha de Santa Lúcia, no Caribe, na próxima semana. A avó da menina revelou ao jornal que a cantora já tinha contratado advogados para a adoção, mas seus planos foram interrompidos por sua morte repentina no dia 23 de julho. Amy conheceu Dannika Augustine em 2009 em uma das várias estadas na ilha ao londo dos últimos dois anos. O contato foi feito através da avó, Marjorie Lambert, de 57 anos, que é dona de um bar de praia próximo a um resort onde a cantora se hospedava. A mulher teria se tornado praticamente uma mãe para a cantora. A menina tinha apenas a mãe, desempregada, que mora na Alemanha e tinha dificuldades até para alimentar a filha. Segundo o jornal, Dannika já considerava a cantora sua mãe. “Ela tomou conta de mim e a gente se divertiu junto. Eu a amava e ela a mim. Ela era a pessoa mais sensacional. Eu estava ansiosa por morar com ela em Londres. Não acredito que ela se foi. É a pior coisa que já me aconteceu”, disse a menina ao periódico. A avó confirma o amor da cantora pela menina e diz que Dannika já estava se preparando para mudar. Para Marjorie Lambert, Amy Winehouse não teria morrido se já estivesse em companhia da menina. Segundo ela, quando a cantora foi à primeira vez a seu bar, há três anos, parecia fraca e insegura e precisava de alguém que lhe dissesse quem ela era de verdade. “Eu fiz o melhor que pude para ajudá-la. Insisti para que comesse e disse que ela tinha que amar a si mesma e parar de ouvir o que os outros diziam. A última vez que Marjorie viu a cantora foi em novembro. “Ela sempre queria beber, mas eu não deixava antes que ela comesse alguma coisa”. Para a comerciante, Amy nunca foi mais feliz do que em Santa Lucia. Ela diz que sente falta da cantora e que continua pensando que a qualquer momento ela vai entrar andando e dar um grande abraço, como costumava fazer. Ainda segundo o periódico, a mãe da menina, que vive na Alemanha, já tinha sido consultada pela cantora, e já tinha dado sua permissão para a adoção, assim como o pai, de quem era separada. Para a mãe da menina, Winehouse tinha seus problemas mas era uma boa pessoa. E quando estava na ilha ela ficava livre de drogas e mostrava ser muito melhor do que quando estava em Londres. Segundo ela, nunca houve nenhum receio de deixar a menina com Amy.

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário