Saúde & Beleza

Alergia à bijuteria

alergia1

alergia1Alguma vez teve  a sensação de ter a orelha vermelha, muita comichão… Alguns materiais utilizados para fabricar bijuterias podem causar alergia. Qualquer produto pode provocar o problema, mas o grande problema dos brincos, colares e pulseiras é o níquel, muito usado nas produções por causa do seu baixo custo.  O cobalto também é um agente causador em potencial. O problema é denominado de  dermatite de contacto e o quadro se caracteriza por eczema, comichão, avermelhamento da pele e descamação do local, podendo formar algumas vesículas (bolhas pequenas) e crostas. O problema se autolimita, ou seja, não traz consequências maiores e melhora com a simples suspensão do acessório.Mas o plástico também pode causar a dermatite.
É importante lembrar que nem sempre trocar a peça por outra de ouro resolve, uma vez que são raras as jóias fabricadas puramente com o material. Usar brincos de pressão não ameniza a questão, já que o simples contato com o material é suficiente para causar a dermatite. A causa da alergia é a sensibilidade ao produto após o contacto com o mesmo, pode demorar anos para manifestar-se. O mesmo ocorre com cremes e alimentos. Essas pessoas têm a probabilidade de desenvolver também alergias a detergente, tintas de cabelo e cimento.
O ideal é fazer o teste alérgico para saber exactamente qual é a substância que tem a alergia e, assim, procurar um acessório que não contenha essa substância.

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário