Noticias

64% dos pacientes de Alzheimer são mulheres

Um levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo com mais de 56 mil pessoas com sintomas causados pelo Mal de Alzheimer, em 2008, revela que a maioria que procurou tratamento contra a doença era mulher. Segundo a pesquisa, das 56.827 pessoas que procuraram tratamento nos serviços conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) para evitar ou retardar os sintomas da doença, 64,1% eram mulheres. De acordo com o levantamento, a idade média das pacientes em busca de atendimento é de 76 anos, sendo que 24% delas são das classes A e B, ou seja, com renda acima de 20 salários mínimos.
Entre os homens que procuram atendimento contra a doença, a idade média é de 75 anos. São 20.403 pacientes predominantemente das classes C (8.173) e D (7.338), mas os mais ricos, das classes A e B, já representam 22% do total de atendimentos. O Mal de Alzheimer é caracterizado pela perda de memória e por dificuldades em fazer coisas consideradas simples. Por ser uma doença progressiva, a tendência é que o paciente perca cada vez mais a memória recente, lembrando-se de fatos do passado, mas tendo dificuldades de se recordar dos momentos presentes.

 

Para colaborar com as pessoas que convivem com pacientes que sofrem de Alzheimer, o Complexo Hospitalar Padre Bento, em Guarulhos, e o Centro de Referência do Idoso da Zona Norte realizam encontros mensais e semanais com cuidadores de Mal de Alzheimer, para dar dicas de como tratar os pacientes em casa.

 

in Globo.com

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário