Eu, Tu e os meus sapatos

10 years later… Our honeymoon!

E a menos de um mês de celebrar dez (10!) anos de casamento, O texto sobre a lua-de-mel!

É verdade! Acho que nunca partilhei por aqui a nossa lua-de-mel!

Em 2008 entendemos que adiar o nosso casamento por causa da doença da Nídia era equivalente a passar-lhe uma certidão de óbito, deixá-la com um peso que estava fora de questão, correndo o risco de não a ter sequer viva meses mais tarde… Por isso, nunca considerámos alterar datas, conscientes do risco claro e evidente de poder não contar com a sua presença devido à probabilidade enorme de estar internada no dia do casamento. Ainda assim, não deixa de ser verdade que esses dias, semanas e meses foram vividos numa aura pouco mística, pouco romântica e sem quaisquer unicórnios…

Naturalmente, estes sentimentos estenderam-se à lua-de-mel (que não foi adiada precisamente pelo que isso poderia representar para ela). Durante os dois anos em que a minha irmã esteve doente, só me afastei dela por mais de 12h quando fomos de lua-de-mel… E isso foi evidente no que senti e no que vivi. É talvez por isso que anseio – quase (mais!) como uma criança espera pelo Natal, esta lua-de-mel dos 10 anos que estamos agora … Ver artigo completo no Blog

Sobre o Autor

aMulher

aMulher

A equipa de aMulher.com

Deixe o Seu Comentário